Idioma Português Idioma Inglês 

História dos Núcleos

Como a construção da árvore genealógica é feita por nós, pessoas sem especialização, porém com determinação para dar prosseguimento ao projeto, conseguimos dividir a família em nove ramos que chamamos de núcleos.

São eles: IBRAHIM, YACOUB, ISAAC, DAVID, NICOLAU, RAFAEL, HANNA, ABDALLA - RJ (RIO DE JANEIRO) e ABDALLA - SP (SÃO PAULO).

NÚCLEO YACOUB CHACUR

Em 1905, chega ao Brasil Jacob Chacur, solteiro. Anos depois, Jacob casa-se pela primeira vez com Barbara Bunduki e pela segunda vez, com Nadima Anauate.

Em 1907, chega ao Brasil Ésper, pai de Yacoub. Ésper, casado com Maria Orfali, vem com os filhos solteiros que aqui se casam. São eles: Choe, casado com Maria Maldonado; Constantino, casado com Rosa Bacha; Iscandar, casado com Irene Gonzales; e Chucralla casado com Wahiba Chacur.

Vieram com Ésper alguns de seus irmãos, são eles: Nuhmam (chamado de Padre Nicolau) casado com Kulsom Chacur; Sarhan casado com Wacila Bunduki; e Jubram que tempos depois se muda para os Estados Unidos da América.

 

NÚCLEO IBRAHIM CHACUR

Em 1895, chega ao Brasil o primeiro membro de nossa família, Wadih Chacur, solteiro e com apenas 20 anos. Wadih Chacur é filho de Mussa e Rosa Youssef Salem e neto de Ibrahim, que dá origem a esse núcleo. Wadih casa-se no Brasil com Jamili Chacur.

Alguns anos depois, chegam também os irmãos de Wadih, são eles: Ibrahim, casado com Chucrie Kuri Andraus; Ragueb, casado com Salua Sabbagh; Fariza AnauateESTE É SOLTEIRO?; Camel, casado com Soraia Dib; Bassil, casado com Tamam Chame; Amim, casado com Nagibe Kuri; Nicolau Sadalla, solteiro; Manira, freira; e Wasila, solteira.

 

NÚCLEO ISSAC CHACUR

Isaac Chacur casa-se duas vezes. Seu primeiro casamento é com Helena Kabache e seu segundo casamento, com ?.

1º CASAMENTO 

Dois bisnetos, do primeiro casamento de Isaac Chacur, chegam ao Brasil em 1923, Habib e Soubhe, ambos solteiros.

Em 1938, chegam Diab e Fadua Trabulsi, pais de Habib e Soubhe e seus irmãos Albert, Ivone e Armando, todos solteiros.

Depois, também chegam alguns irmãos de Diab, são eles: Fares, casado com Salma Hanny; Tamer, casado com Curgie Narchi; Abdala e Taufic, ambos solteiros.

2º CASAMENTO 

Chacur Chacur, filho do segundo casamento de Isaac, chega ao Brasil em 1904, solteiro. Anos depois se casa com Nideth Anauate.

Em seguida, vieram seus irmãos, Hafez, casado com Bacima Chacur; Riscala Chacur,COLOCAR SE É SOLTEIRO/VIÚVO; Jamile, casada com Wadih Chacur; Sallua, que veio viúva do Egito e no Brasil casa-se com Mazre Moulatlet; e Jusmani, casada com Elias Marrach. Seu irmão Antônio foi para os EUA.

Riscala Chacur vem pela primeira vez ao Brasil em 1910, volta para Homs em 1914 para levar Nideth e os quatro filhos, pois Nideth está doente. Sua esposa morre em Homs e Riscala pede a irmã delaA IRMÃ É DELA OU DELE?, Afdokia, que tire uma licença do convento para ajudá-lo a criar os filhos de Nideth. Assim ele consegue embarcar no último navio que sai de Homs antes de estourar a 1ª Guerra Mundial.

Em 1918, Riscala volta para Homs e se casa com Chucrie Camasmie Chacur. Traz a esposa para o Brasil onde tem quatro filhos.

 

NÚCLEO RAPHAEL CHACUR

Em 03/05/1908, Bichara Jorge Chacur, aos 26 anos, casa-se no Brasil com Nazira Antônio Zahara Chacur, de 16 anos, recém chegada da Síria. 

Ele já se encontra no Brasil há algum tempo e ela vem acompanhada do futuro sogro.

O pai de Bichara Jorge, Jorge Rafael Chacur, permanece no Brasil por mais de um ano, até nascer o primeiro neto, pois tem a esperança de levar a família de volta. 

Bichara e Nazira tiveram os seguintes filhos: Adelaide, Alfredo, Alberto, Albertina, Adalgisa, Annice, Alayde, Jorginho e Georgina. Esses dois últimos mencionados morrem ainda pequenos.

[x] Fechar